top of page
  • Foto do escritorSimone Sgarbi

Você quer conquistar seu primeiro milhão?






Esqueça essa coisa do primeiro milhão. Os influencers de finanças falam disso por aí como se fosse a coisa mais fácil do mundo e que você só não consegue porque não quer.


Nós, aqui desse lado, na vida real, sabemos que não é bem assim.


Sabe com eu atingi o meu primeiro milhão?


Não pensando nele.


Foquei em conseguir juntar meus primeiros 10 mil.


Fiz uma limpa em casa, vendi um monte de objetos, utensílios, roupas e sapatos; trabalhei em várias coisas ao mesmo tempo; aumentei meu valor por hora de trabalho; criei uma solução nova para clientes antigos, captei novos clientes. Fiz dinheiro novo.


Os primeiros 10 mil foram só para pagar dívidas, nem deu para curtir muito. Voou.


Agora, quando fiz o primeiro 100 mil já me senti a ricaaaaaa!! As dívidas já estavam pagas e pude deixar ele lá quietinho, trabalhando para mim enquanto eu vivia, dormia, comia, ria, amava.


Mas não dava para viver de renda com esse valor, então, não me acomodei. Criei mais possibilidades e aos poucos, com a ajuda do tempo e dos juros sobre juros, o primeiro milhão veio, assim, de vagar, meio que sem querer (querendo).


A pressa e a ansiedade são péssimas conselheiras da nossa vida financeira, do investidor então, nem se fala.


Não foque no R$1 milhão em um primeiro momento, isso só vai te causar ansiedade e frustração, além de você correr o risco de ser seduzido por falsas promessas que te acenem com essa possibilidade de maneira rápida.


Foque em ter uma vida financeira organizada.


Foque em transformar seus sonhos em metas claras e objetivas.


Foque em aprender a investir dosando segurança e risco.


Foque em aumentar seu valor para o mercado, se capacitando.


Foque em perceber dores, medos, anseios das pessoas ao seu redor e crie soluções para eles.


O primeiro milhão será consequência.

18 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Opmerkingen


bottom of page